Terapêuticas naturais direcionadas às principais disfunções estéticas uma ação extensionista

Autores

Palavras-chave:

Aloe Vera, Argiloterapia, Extensão universitária, Terapias Naturais

Resumo

As disfunções estéticas interferem diretamente no bem-estar biopsicossocial da população, especialmente feminina. Tais modificações orgânicas, atreladas ao estilo de vida e ao envelhecimento, vêm sendo alvo de pesquisas nos últimos anos, sobretudo na elaboração de estratégias terapêuticas acessíveis e naturais. O projeto de extensão “Belezas do Agreste” da UPE Garanhuns promoveu uma ação de divulgação consciente de receitas caseiras direcionadas às principais disfunções estéticas faciais e corporais para a comunidade da universidade e seu entorno. Foi feita uma revisão de literatura com artigos de 1990 a 2020, publicados nas bases de dados PubMed e Scielo, com o objetivo de respaldar cientificamente a efetividade terapêutica da Aloe vera e das argilas na preparação das receitas caseiras. A ação prática foi desenvolvida por estudantes de 3 diferentes cursos da universidade e oportunizou a utilização dos produtos naturais a um grupo de participantes. Os efeitos cicatrizantes e imunomoduladores descritos na literatura para a A. vera, assim como as propriedades inerentes das argilas, confirmam os benefícios desses produtos e baseiam nossa escolha de uso. A ação oportunizou aos extensionistas uma formação diferenciada em saúde e apresentou aos mais de 40 participantes formas naturais e de baixo custo para o tratamento das principais disfunções estéticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Vitória Pereira de Santana, Universidade de Pernambuco

Graduanda no curso de Bacharelado em Medicina, Universidade de Pernambuco (UPE), Garanhuns, Pernambuco, Brasil

Elba Soraya Magalhães da Luz, Universidade de Pernambuco

Graduanda no curso de Bacharelado em Medicina, Universidade de Pernambuco (UPE), Garanhuns, Pernambuco, Brasil

Maria Eduarda Medeiros de Lima, Universidade de Pernambuco

Graduanda no curso de Bacharelado em Medicina, Universidade de Pernambuco (UPE), Garanhuns, Pernambuco, Brasil

Referências

GUIRRO, E. Fisioterapia dermatofuncional: fundamentos, recursos, patologias. 3. ed. São Paulo: Manole, 2004.

RADHA, M. et al. Evaluation of biological properties and clinical effectiveness of Aloe vera: A systematic review. Journal of Traditional and Complementary Medicine, Canadá, v. 5, n. 1, p. 21-6, 2015. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4488101/. Acesso em: 13 set. 2021.

FEMENIA, A. et al. Effects of heat treatment and dehydration on bioactive polysaccharide acemannan and cell wall polymers from Aloe barbadensis Miller. Carbohydrate Polymers, [S.l.], v. 51, n. 4, p. 397-405, 2003.

CARRETERO, M. et al. Clay minerals and their beneficial effects upon human health: a review. Applied Clay Science, [S.l.], v. 21, n. 3-4, p. 155–63, 2001.

YARON, A. Characterization of Aloe vera Gel before and after Autodegradation, and Stabilization of the Natural Fresh Gel. Phytotherapy research, London, v. 7, p. 11-13, 1992.

HALLER, J. A drug for all seasons. Medical and pharmacological history of aloe. Bulletin of the New York Academy of Medicine, New York, v. 66, n. 6, p. 647, 1990.

BUNYAPRAPHATSARA, N. et al. The Efficacy of Aloe vera cream in the treatment of first, second and third degree burns in mice. Phytomedicine, Stuttgart, v. 2, p. 247-251, 1996.

FREITAS, V. et al. Propriedades farmacológicas da Aloe vera (L.) Burm. f. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 16, n. 2, p. 299-377, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-05722014000200020. Acesso em: 13 set. 2021.

ORTOLAN, M. C. A. B. et al. Influência do envelhecimento na qualidade da pele de mulheres brancas: o papel do colágeno, da densidade de material elástico e da vascularização. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, São Paulo, v. 28, p. 41-48, 2013.

HAJHEYDARI, Z. et al. Effect of Aloe vera topical gel combined with tretinoin in treatment of mild and moderate acne vulgaris: a randomized, double-blind, prospective trial. Journal of Dermatological Treatment, Basingstoke, v. 25, n. 2, p. 123-9, 2013.

GROUP, E. Aloe Vera for Skin: [S.l.]: DIY Recipes for Healthy Skin, Acne, & More, 2019. Disponível em: https://globalhealing.com/natural-health/aloe-vera-for-skin/. Acesso em: 13 set. 2021.

DARE, R. et al. Significância dos argilominerais em produtos cosméticos. Revista Científica Farmacêutica Aplicada, [S. I.], v. 36, n. 1, p. 59-67, 2013.

FERNANDES, P. et al. Membranas de polisulfona/argila: influência de diferentes argilas na propriedade de barreira. Revista Matéria, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, p. 59-67, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-70762018000100436. Acesso em: 13 set. 2021.

TEIXEIRA NETO, É. et al. Modificação química de argilas: desafios científicos e tecnológicos para obtenção de novos produtos com maior valor agregado. Química Nova, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 809-817, 2009. Disponível em: http://static.sites.sbq.org.br/quimicanova.sbq.org.br/pdf/Vol32No3_809_22-QN09036.pdf. Acesso em: 13 set. 2021.

WILLIAMS, L. et al. Evaluation of the medicinal use of clay minerals as antibacterial agents. International Geology Review, Chhattisgarh, v. 52, n. 7/8, p. 745-70, 2010.

TOYOKI, B. et al. Argiloterapia: Levantamento dos constituintes e utilizações dos diferentes tipos de argila. Revista Eletrônica, São Paulo, p. 1-27, 2015.

BERINGHS. A. et al. Green Clay and Aloe Vera Peel-Off Facial Masks: Response Surface Methodology Applied to the Formulation Design. American Association of Pharmaceutical Scientists, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 445-55, 2013. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3581655/. Acesso em: 13 set. 2021.

DARIO, G. Avaliação da atividade cicatrizante de formulação contendo argila sobre feridas cutâneas em ratos. 2008. Dissertação (Mestrado) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Santa Catarina, 2008.

DIAS, P. A importância do silício orgânico para a produção de colágeno. 2013. Monografia (Especialização) - Faculdades Unidas Do Norte De Minas - FUNORTE, Instituto De Ciências Da Saúde – ICS, Minas Gerais, 2013.

GOUVEA, P. Avaliação clínica em pacientes portadores de osteoartrite, tratados com a lama negra de peruíbe, caracterização química, radiológica, e estabelecimento de boas práticas para a obtenção e uso deste peloide. 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

DAMODARAN, S.; PARKIN, K.; FENNEMA, O. Química de alimentos de Fennema. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MAIO, M. Tratado de Medicina Estética. 2. ed. São Paulo: Atheneu, 2011.

SCHNEIDER, C.; OLIVEIRA, A. Oxygen free radicals and exercise: mechanisms of synthesis and adaptation to the physical training. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Campinas, v. 10, n. 4, p. 308-13, 2004.

VANNUCCHI, H. et al. Papel dos nutrientes na peroxidação lipídica e no sistema de defesa antioxidante. Medicina, Ribeirão Preto, v. 31, n. 1, p. 31-44, 1998. Disponível em: http://revista.fmrp.usp.br/1998/vol31n1/papel_nutrientes_peroxidacao_lipidica.pdf. Acesso em: 13 set. 2021.

HIRATA, L.; SATO, M.; SANTOS, C. Radicais livres e o envelhecimento cutâneo. Acta Farmacêutica Bonaerense, Buenos Aires, v. 23, n. 3, p. 418-24, 2004. Disponível em: http://www.latamjpharm.org/trabajos/23/3/LAJOP_23_3_6_1_7IT93QRE42. Acesso em: 13 set. 2021.

SOUZA, V.; ANTUNES JUNIOR, D. Ativos Dermatológicos. São Paulo: Pharmabooks, 2011.

PONTES, C.; MEJIA, D. Ácido Kójico no Tratamento do Melasma. Trabalho da Pós-graduação em Dermatofuncional – Faculdade Cambury, Goiânia, 2014. Disponível em: https://portalbiocursos.com.br/ohs/data/docs/18/113_-_Ycido_KYjico_no_Tratamento_do_Melasma.pdf. Acesso em: 13 set. 2021.

ORIÁ, R. et al. Estudo das alterações relacionadas com a idade na pele humana, utilizando métodos de histo-morfometria e autofluorescência. Anais Brasileiros de Dermatologia, Rio de Janeiro, v. 78, n. 4, p. 425-34, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0365-05962003000400004&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 13 set. 2021.

BALDWIN, H. The interaction between acne vulgaris and the psyche. Cutis, New York, v. 70, p. 133-9, 2002.

YAZICI, K. et al. Disease‐specific quality of life is associated with anxiety and depression in patients with acne. Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology, Amsterdam, v. 18, n. 4, p. 435-9, 2004.

BAUMANN, L.; SOGOLSAGHARI S.; WEISBERG, E. The Baumann Skin Typing System. Dermatologic Clinics, Philadelphia, v. 25, p. 501-10, 2009.

MAIA, M. et al. Estrias de distensão na gravidez: estudo comparativo dos fatores de risco entre primíparas de maternidades do sistema público de saúde e particular. Surgical and Cosmetic Dermatology, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 165-72, 2010.

MENDONÇA, R.; RODRIGUES, G. As principais alterações dermatológicas em pacientes obesos. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva, São Paulo, v. 24, n. 1, p. 68-73, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/abcd/v24n1/v24n1a15.pdf. Acesso em: 13 set. 2021.

GUIRRO, E.; GUIRRO, R. Fisioterapia Dermato-Funcional. Barueri: Manole, 2014.

AZULAY, M. Tratamento Medicamentoso em Dermatologia Cosmética. 6. ed. Rio de Janeiro: Grupo Editorial Nacional, 2015.

SANTOS, A. D. et al. Extensão universitária como Mecanismo de desenvolvimento Regional. Revista de Extensão da UNESC, Santa Catarina, v. 5, n. 1, 2020.

ÁVILA, R. I. et al. Cuidado farmacêutico na fotoproteção: Ações de educação em saúde no estado de Goiás. Revista Brasileira de Extensão Universitária, Fronteira do Sul, 12, n. 2, p. 223-234, 2021.

COSTA, J. V. A. et al. Fotoeducação na prevenção do câncer de pele: Relato de experiência. Revista Eletrônica de Extensão, Santa Catarina, v. 18, n. 38, p. 251-63, 2021.

CINTRA, M.; BARROS, N. F. Os descompassos da extensão popular em Práticas Integrativas e Complementares: uma análise do ProExt (2010-2016). REVISE-Revista Integrativa em Inovações Tecnológicas nas Ciências da Saúde, Recôncavo Baiano, v. 5, p. 219-240, 2019.

Downloads

Publicado

22.12.2021

Como Citar

Pereira de Santana, B. V., Magalhães da Luz, E. S., Medeiros de Lima, M. E., & Barbosa Sales de Albuquerque, P. (2021). Terapêuticas naturais direcionadas às principais disfunções estéticas uma ação extensionista . Revista De Extensão Da UPE, 6(2), 5–19. Recuperado de https://www.revistaextensao.upe.br/index.php/reupe/article/view/85

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.